Como utilizar o comando chmod

DEFINIÇÃO

O Chmod é um comando que gerencia a permissão de arquivos no Linux.

chmod [opções] alteração no arquivo

→ Opções principais do CHMOD:

  • c : informa quais arquivos estão tendo as permissões alteradas.
  • v : informa quais arquivos estão sendo processados (não necessariamente alterados).
  • R : altera, recursivamente, as permissões de arquivos.
  • −−help : exibe opções do comando.
  • −−version : exibe informações sobre o aplicativo.

CONTEXTO

Antes de conhecermos “profundamente” sobre o $CHMOD, precisamos entender como funciona a Gestão de Arquivos do Linux

Todo arquivo no Linux tem um dono, um grupo e outros usuários.

→ Desmistificando a “A sopa de letrinhas”:

ARQUIVO

  • u = o dono do arquivo (user);
  • g = os usuários que são membros do mesmo grupo do arquivo (group);
  • o = os usuários que não membros do grupo do arquivo (others);
  • a = todos os usuários do sistema (all).

TIPOS DE PERMISSÕES

  • r = permissão de leitura
  • w = permissão de escrita
  • x = permissão de execução

INFORMAÇÕES PRÁTICAS

→ Analisando um arquivo:

Quando Analisamos um arquivo (através do comando ls -l) percebemos que ele tem diversas Letras no canto da tela.

O que será essas letras?

SIGA A ORDEM LÓDIGA PARA ENTENDER:

d → Comum para todos os itens em questão, pois indica que é diretório.

rwx → Permissão de leitura (r), escrita (w) e execução (x) → Referente ao DONO do arquivo.

r-x → Permissão de leitura (r), “-” sem permissão de escrita e permissão de Execução (x) → Referente ao GRUPO.

r-x → Permissão de leitura (r), “-” sem permissão de escrita e permissão de Execução (x) → Referente a OUTROS USUÁRIOS do sistema.

PRATICANDO DE FORMA OCTAL

Tipos de permissões

Quando criamos um script.sh para executar no Linux precisamos dar permissão ao mesmo antes de qualquer coisa.

chmod 755 script.sh

Desmembrando:

7 (4 + 2 + 1) → Permissão de leitura, escrita e execução para o DONO (u).

5 (4 + 1 ) → Permissão de leitura e execução para o GRUPO (g).

5 (4 + 1) → Permissão de leitura e execução para OUTROS usuários (o).

PRATICANDO POR EXTENSO

Exemplo: Permissão de execução (x) para o dono (u).

chmod u+x script.sh

REMOVENDO PERMISSÕES

Exemplo: Removendo apenas a permissão de execução(x) para o dono(u).

chmod u-x script.sh

.

1 comentário em “Como utilizar o comando chmod”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima